Gino Terentim

Empreendedor, mentor de startups, palestrante e curioso. Sou doutorando pela Université de Bordeaux, com MBA em Gerenciamento de Projetos e Economia pela ESALQ/FEA - USP.
Fui Coordenador Geral de Gerenciamento de Projetos no Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, na estruturação da Diretoria de Projetos. Trabalhei como Consultor de Organização e Estratégia e estive durante dois anos à frente do PMO Corporativo da Caixa Econômica Federal, na Superintendência de Inteligência Corporativa e Estratégia.
Possuo profundo conhecimento e experiência em Planejamento Estratégico, Inovação, Agile e Gerenciamento de Projetos, Programas e Portfólios. Também exerço o papel de Vice-Presidente do Capítulo Distrito Federal do PMI (Project Management Institute), embaixador do Lean Startup em Brasília e líder da SingularityU - Brasília Chapter, realizando trabalhos voluntários para o desenvolvimento do Distrito Federal e do país.

  • • INTELIGÊNCIA EMOCIONAL: PESSOAS, CONEXÕES E ORGANIZAÇÕES
  • • ESQUEÇA O FEEDBACK SANDUÍCHE E EXPERIMENTE O FEEDBACK WRAP!
  • • NAVEGANDO NA COMPLEXIDADE - CONSTRUINDO A AMBIDESTRIAORGANIZACIONAL.
  • • O Fator Humano na Singularidade : Sobre ciência, tecnologia,inovação e Homo sapiens.
  • • CURSO: Management 3.0
  • • MENTORIA PARA TIMES

Como podemos nos conectar com outras pessoas? Como podemos articular bem o que estamos sentindo? Como estamos no controle de nossas emoções? E como seria se pudéssemos compreender com precisão o que as pessoas ao nosso redor estão pensando, sentindo e querendo? Nessa palestra falarei sobre a importância da Inteligência Emocional e como a compreensão de nossas próprias emoções pode nos tornar profissionais mais eficazes e bem-sucedidos. Ao longo da palestra, passaremos pelas três capacidades básica presentes na Inteligência Emocional, bem como os diferentes tipos de empatia e as características das Pessoas Emocionalmente Inteligentes. Por último, mas não menos importante, falaremos sobre as etapas para desenvolver nossa Inteligência Emocional, ressaltando que é algo que pode ser aprendido e que não precisamos nascer emocionalmente inteligente. 

Esqueça o Feedback Sanduíche experimente o Feedback Wrap! Esta prática do Management 3.0 aborda um desafio que muitos de nós tentamos superar com nossas equipes hoje: dar feedback construtivo e acionável, do tipo que leva a uma ação positiva e automotivada. As avaliações de desempenho anuais e trimestrais são bastante eficazes, fora do contexto e temidas por ambos os lados, como um aluno na sala do diretor. Assim como precisamos de alternativas ao antigo sistema de bônus anual, precisamos melhorar drasticamente a forma como fornecemos feedback aos funcionários. Nessa palestra, conheceremos o Feedback Wrap, parte de um ambiente de confiança que é essencial para o futuro transparente do trabalho, ajudando as pessoas a se concentrarem no aprimoramento pessoal e no aprimoramento sistêmico.

Em um momento em que muitas empresas, organizações e nações precisamrepensar seus modelos, um dos maiores desafios está em descobrir como fazerisso reduzindo navegando na complexidade. Como o contexto influencia oprocesso decisório? Como construir a ambidestria organizacional inovando,implementando projetos e seguindo processos simultaneamente? Nessa palestra abordaremos essas e outras questões. Falaremos sobre inovaçãoe sobre como as constantes mudanças do mercado exigem das organizaçõesmais do que ferramentas e frameworks: exigem adaptação, antifragilidade,pensamento sistêmico e um olhar atento à gestão de mudanças. Por meio de uma abordagem leve e dedutiva, utilizando histórias, casos eanalogias, apresentarei o framework Cynefin para tomada de decisão,construindo um ambiente favorável a reflexões, mudança e novas ideias para aaudiência.

Peter Diamandis e Steven Kotler, autores de “Abundância”, argumentam quea tecnologia trará prosperidade. Eles acreditam que os grandes avanços datecnologia nos possibilitarão superar as importantes necessidades básicasde todos no planeta. Por outro lado, nomes como Elon Musk e StephenHawking possuem uma visão diferente. Esse último, um dos grande gêniosdo século XX, dizia que a destruição de empregos causada pela inteligênciaartificial em razão da desigualdade que temos no planeta poderia causarnossa própria extinção. Qual o papel da tecnologia nesses dois cenários, utópico e distópico? O que,de fato, será determinante para construirmos um futuro cada vez maissusrtentável e próspero? Em um momento de tantas mudanças, nossasorigens são mais importantes do que nunca. O fator humano pode ser odiferencial!

Management 3.0 representa uma inovação no conceito tradicional de liderança e gestão . É um movimento que valoriza a colaboração e o relacionamento entre as pessoas, mais do que cargos e hierarquias. Nesta nova abordagem, reconhecemos a organização como uma rede de relacionamentos na qual colaboradores assumem responsabilidades de forma coletiva. A felicidade e o engajamento das pessoas são, sem dúvida, prioridades desse modelo de gestão.
Como criar real engajamento e colaboração na organização?
Como criar equipes autônomas e auto-gerenciáveis?
Como desenvolver equipes que assumem responsabilidades?
Como criar um ambiente que propicie o trabalho em equipe e a colaboração?
Como podemos aumentar a agilidade da organização?
Como mudar a cultura da organização?

A mentoria se caracteriza pelo apoio com dúvidas conceituais e práticas a respeito de um tema, oferecendo às pessoas segurança na administração de seu próprio aprendizado e no desenvolvimento de suas habilidades para a execução de determinada atividade. No contexto de um time em desenvolvimento de habilidades, entendemos a conexão da mentoria com os seguintes tópicos:
- Análise de contexto e criação de sentido para a tomada de decisão
- Mentoria em Agile e Adaptive Development
- Mentoria em Gestão de Projetos
- Mentoria em Gestão de Mudanças
- Mentoria em Difusão da Inovação