PALESTRANTE

Gabriel Perissé

Gabriel Perissé

Professor, filósofo, escritor, mestre em Literatura Brasileira (USP) e (UFRJ), Doutor em Filosofia da Educação (USP) e Pós-doutor em Filosofia e História da Educação (Unicamp).Desde 1983, ministra palestras e minicursos em escolas, universidades e empresas, percorrendo mais de 900 cidades brasileiras.

 

Publicou mais de 20 livros relacionados a temas como leitura e criatividade, ética, formação docente e didática, e mais de 1.000 artigos e ensaios em revistas (acadêmicas e de divulgação científica), em jornais, blogs e sites.

Temas

Educação, filosofia, liderança e inovação.

Principais Palestras / Tópicos

A ORAÇÃODE SÃO FRANCISCO DE ASSIS

AÇÕES QUE LEVAMÀ PAZ INTERIOR E COLETIVA

 

Nesta palestra, cada verso desta conhecida oração (que é também um poema) dá origem a reflexões e provocações sobre como despertar a paz interior (dom de Deus) e como promover a concórdia e a harmonia ao nosso redor, de modo especial na família e no ambiente profissional.

 

  • Breve história da Oração pela Paz e sua inspiração franciscana;

  • Características de uma pessoa que atua como instrumento da paz;

  • Os contrastes da vida: amor e ódio, dúvida e fé, tristeza e alegria;

  • A inquietude que gera as iniciativas dos homens e mulheres da paz;

  • O perdão e a cura interior;

  • Trevas e luz em nosso tempo, sedento de compreensão mútua e paz;

  • A lógica do “mais” para superar a lógica do “menos”;

  • A paz pessoal como fonte da paz coletiva.

 

 

​VIVER MELHORNA ESCOLA E NA VIDA

A ORAÇÃODE SÃO FRANCISCO DE ASSIS

 

Cada frase da Oração de São Francisco é uma inspiração para viver e conviver melhor. Seja no ambiente da escola ou na família, no local de trabalho ou no trânsito, precisamos praticar uma Pedagogia do Encontro e da Paz.

 

  • Breve história da Oração pela Paz e sua inspiração franciscana;

  • A sala de aula como lugar do diálogo e do respeito mútuo;

  • Características fundamentais de uma Pedagogia da Paz;

  • Para ensinar alguma coisa precisamos ser melhores;

  • O papel dos professores e gestores;

  • A participação ativa das famílias;

  • A responsabilidade dos alunos;

  • Uma vida melhor para todos dentro e fora da escola.

 

 

A ARTE DE ENSINAR

 

A didática pode fazer das aulas ocasião de clarividência e beleza, na medida em que os docentes desenvolvam a criatividade, a sensibilidade e outros talentos inspiradores.

• Ensinar: criar situações de aprendizado.
• O prazer de aprender e ensinar.
• O transbordamento artístico no âmbito da educação.
• As virtudes estéticas do professor criativo.
• Ensinar a pesquisar, a refletir e decidir.
• O sentido da vida: tema transversal.

 

 

O PROFESSOR DO FUTURO

DESAFIOS NA IDADE MÍDIA

 

Pensar com os professores sobre sua prática docente para que, sem perder as conquistas do passado, mas apoiados em novos conceitos, desenvolvam formas criativas de aprender e ensinar.

• O professor do passado e suas funções tradicionais.
• A escola como instituição conservadora e inovadora.
• O futuro do professor depende da visão que ele tem si mesmo.
• O que aprendi com meu Ipad: aventuras na Idade Mídia.
• Os alunos.com.br: alunos "plugados".
• Conhecer é co-nascer: propostas renovadas para o ensino contemporâneo.
 



A AULA INESQUECIVEL: O QUE É QUALIDADE EDUCACIONAL

 

A aula inesquecível decorre da qualidade educacional, a ser perseguida por professores, alunos, familiares, por toda a escola e, de modo abrangente, por toda a sociedade.



• O que é qualidade? E o que é qualidade educacional?
• Como transformar a aula numa ocasião de descobertas e surpresas?
• Qual a qualidade necessária do relacionamento entre professores e alunos?
• Escola de qualidade — escolhas de qualidade.
• O papel dos familiares e do entorno social.
• Resgatar a curiosidade natural como estratégia determinante do plano de aula.

 

EDUCAR NOSSOS FILHOS: LIMITES OU HORIZONTES

 

É preciso repensar a educação familiar diante das novas configurações sociais e dos diferentes (e por vezes contraditórios) sistemas de valores que nos são apresentados.

• Dúvidas e perplexidades dos pais nesta primeira década do século 21.
• A Teoria da Escolha e suas sugestões para uma educação orientadora.
• A liberdade: uma velha questão em novos contextos.
• A Idade Mídia dentro de casa.
• Os limites limitam, e os horizontes estão longe...
• A linguagem do poder cria limites. O poder da linguagem abre caminhos.

 

BULLYING:  CONFLITO SIM, VIOLÊNCIA NÃO!

 

Propor reflexão aprofundada sobre a violência escolar em geral e o Bullying em particular, procurando formas de diagnosticar os problemas e superá-los com eficácia pedagógica.



• As raízes e as desrazões da violência: o fenômeno Bullying.
• A violência dentro de cada um de nós como causa da violência escolar.
• A relação entre conflitos e violência.
• O medo "puxa o gatilho" — atitudes que pioram a situação.
• Atitudes que convidam ao exercício criativo da autoridade e da liberdade.
• Soluções na sala de aula e no ambiente institucional.

Vídeos


ENTRE EM CONTATO COM NOSSOS CONSULTORES
Telefones: (12) 3672 5532 • 3413 0004 • 3022 0474 • 98250 6250
E-mail: contato@polopalestrantes.com

Newsletter